Mailfence logo

Como proteger seus dispositivos ao viajar

Sumário

Compartilhe este artigo:

Nossos dispositivos eletrônicos, como smartphones, computadores e tablets, estão tão presentes no nosso dia a dia que é quase impossível viajar sem eles. O problema é que os hackers sabem disso. Hoje, aeroportos, estações de trem e hotéis são terreno fértil para ataques cibernéticos. Por este motivo, é sempre importante manter seus dispositivos protegidos ao viajar para fora do país. A seguir explicamos tudo o que você precisa saber sobre como proteger seus dispositivos ao cruzar fronteiras.

Mailfence - Obtenha seu e-mail seguro e gratuito.

4.1 baseado em 177 avaliações de usuários

Mailfence - Obtenha seu e-mail seguro e gratuito.

4.1 baseado em 177 avaliações de usuários

Como proteger seus dispositivos antes de partir

Limite o número de dispositivos levados na viagem

Cada dispositivo extra levado durante a viagem aumenta as suas chances de ser hackeado. Ou seja, a melhor forma de reduzir os riscos é levar consigo apenas o que for verdadeiramente necessário.

Pergunte a si mesmo quais dispositivos você vai realmente usar durante a viagem. Você realmente vai precisar do seu laptop, ou seu smartphone será o suficiente por alguns dias, mesmo que surjam compromissos ou tarefas inesperadas?

Se a resposta for sim, siga as dicas apresentadas no nosso artigo sobre proteção de dados durante viagens ao exterior para manter os seus dispositivos protegidos. Caso contrário, deixe o dispositivo em casa.

Outra opção é utilizar dispositivos reserva. Assim, além de proteger seus dados, você evita maiores perdas caso o seu smartphone ou laptop sejam perdidos ou extraviados durante a viagem. 

Limite o número de dados levados na viagem

Existem dados confidenciais ou sensíveis armazenados no seu computador ou smartphone? Em caso afirmativo, lembre-se de que eles correm o risco de serem expostos durante o processo de revista da alfândega. Ou seja, você precisa tomar medidas extras de segurança para proteger ainda mais os seus dados.

Dependendo do país para o qual você está viajando, pode ser uma boa ideia apagar todos os dados temporariamente e executar uma redefinição de fábrica no seu dispositivo antes de partir. Neste caso, é importante que você faça o backup dos seus dados em um serviço de nuvem seguro, ao qual você não terá acesso durante a viagem.

Este guia da Electronic Frontier Foundation (EFF) dá instruções passo a passo sobre como limpar dados do seu computador ao viajar para os Estados Unidos.

Crie uma senha segura

Proteja os seus dispositivos com uma senha forte e segura. Ela deve ser longa (pelo menos 8 caracteres), complexa (misturando letras minúsculas, maiúsculas, números e caracteres especiais) e única (não repetida em várias contas ou dispositivos). Você deve proteger seus dispositivos sem exesão , mesmo o menor pendrive, com uma senha forte e segura.

Não se esqueça de bloquear qualquer dispositivo com o qual você estiver viajando quando ele não estiver em uso. Desative também as notificações da tela de bloqueio e o Bluetooth para evitar vazamento de dados.

Habilite a autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores (2FA) faz a proteção de dispositivos com uma camada extra de segurança. Ela funciona como uma confirmação da sua identidade utilizando dois ou mais critérios, como conhecimento (algo que só você sabe, como uma senha ou PIN), posse (algo que pertence a você, como um smartphone) ou inerência (algo que só você é). 

Normalmente, você será solicitado a confirmar sua identidade com um código. O aplicativo ou site ao qual você deseja se conectar enviará um SMS no seu celular. Como alternativa, você também pode ser solicitado a fornecer suas impressões digitais em dispositivos de toque.

Prepare seus dispositivos

Execute todas as atualizações pendentes nos dispositivos e aplicativos que você usa. Assim você reduz as chances de invasão via redes Wi-Fi potencialmente não seguras.

Faça o download de um firewall para proteger o seu smartphone, computador ou tablet caso você ainda não possua um. Considere também utilizar um aplicativo como o Eradoo. Assim, caso seus dispositivos sejam perdidos ou extraviados, os dados contidos neles serão deletados automaticamente.

Desative as opções de conexão Wi-Fi e Bluetooth automáticas do seu dispositivo. Aplicativos de compartilhamento de arquivos e impressoras podem ser usados ​​para invadir o seu dispositivo. Desconecte-os também.

Como proteger seus dispositivos ao chegar

Utilize serviços de criptografia

Serviços criptografados, como Zoom, Signal e Mailfence são uma boa opção para a proteção de dispositivos. Eles permitem comunicações mais seguras, tornando os seus dados inacessíveis para qualquer pessoa que tente acessá-los para fins maliciosos. Sempre opte por utilizar serviços com criptografia de ponta-a-ponta.

Utilize um bom VPN

Durante a viagem é possível que você precise utilizar redes Wi-Fi públicas oferecidas por hotéis, restaurantes e aeroportos, por exemplo. O problema é que fazer isso é bastante arriscado.

Primeiramente, porque qualquer pessoa com acesso à mesma rede pode interceptar o seu tráfego e descobrir o que você está fazendo online. Se você viaja a negócios, isso significa que importantes documentos e informações sobre a sua empresa podem ser comprometidos. Os cibercriminosos costumam frequentar essas redes e sabem que elas estão cheias de oportunidades para roubar dados pessoais e credenciais de login de viajantes menos cuidadosos.

Os VPNs (virtual private network) fazem a criptografia dos dados para torná-los inelegíveis para qualquer indivíduo mal-intencionado que possa tentar interpretá-los. Depois disso, os dados são passados por um servidor localizado em outro lugar, ocultando a localização original. 

Ou seja, o VPN torna a navegação em redes públicas mais segura, bloqueando possíveis interceptações (e escutas) e permitindo que você acesse conteúdos e websites censurados na sua verdadeira localização com segurança.

Proteja a tela dos seus dispositivos

Fique atento a câmeras e indivíduos suspeitos ao seu redor para evitar que suas informações ou credenciais de login sejam roubadas, especialmente em locais fechados. Seja especialmente cuidadoso ao trabalhar com informações confidenciais. Uma boa forma de evitar atenção indesejada é utilizar uma película protetora anti-espionagem, capaz de ocultar seu conteúdo dos olhos curiosos de quem estiver sentado ao seu lado.

Cubra a câmeras e microfones

Existem muitos casos documentados de câmeras de laptop sendo sequestradas por hackers. Um simples pedaço de fita colorida colado em sua câmera é um truque muito eficaz para proteger seu smartphone ou laptop dessa ameaça. Não se esqueça de silenciar o microfone da mesma forma para manter os seus dispositivos protegidos.

Utilize um sistema operacional externo

Suponhamos que você seja um repórter, um dissidente ou um profissional preocupado com a confidencialidade das suas atividades. É uma boa ideia considerar o uso de um sistema operacional portátil otimizado para segurança, como o Tails. Essa ferramenta pode ser armazenada em um pendrive e operada em qualquer PC. Use este dispositico para iniciar o computador ao invés do Windows, macOS ou Linux.

O Tails utiliza a rede Tor, o que significa que as suas atividades não deixarão rastros em seu computador. Quando você desliga o Tails, ele desaparece automaticamente. Assim, será impossível para qualquer pessoa ver os arquivos que você usou, os sites em que navegou ou revelar as senhas que você usou.

Como proteger seus dispositivos ao voltar

Ao voltar para casa, troque as senhas que você utilizou durante a viagem. Remova também todos os logins de pontos de acesso Wi-Fi que você possa ter utilizado do seu dispositivo.

Conclusão

Como você pode ver, existem várias maneiras de manter os seus dispositivos protegidos ao viajar. Além de aprender mais sobre a proteção de dispositivos, saiba como garantir a segurança dos seus dados ao viajar para o exterior. Conheça também o nosso curso de conscientização sobre segurança e privacidade de e-mail para saber mais sobre como se proteger contra as principais ameaças cibernéticas atuais e como proteger seus dispositivos.

E por que não se inscrever para um plano inicial gratuito do Mailfence? Nosso pacote de email seguro e privado conta com diversos recursos úteis e inteligentes. Ele inclui calendário, agenda, um serviço de gerenciamento de grupos e contatos, uma ferramenta de bate-papo e uma plataforma de armazenamento de até 500MB para arquivos e documentos. Tudo isso protegido com criptografia de ponta a ponta, assinaturas digitais e autenticação de dois fatores.

Obtenha uma conta e desfrute de privacidade e segurança de forma constante e contínua.

Recupere sua privacidade de e-mail.

Crie seu e-mail gratuito e seguro hoje.

Picture of Arnaud

Arnaud

Arnaud é cofundador e CEO da Mailfence. Ele é um empreendedor em série e investidor em startups desde 1994 e lançou várias empresas pioneiras na Internet, como a Rendez-vous, a IP Netvertising ou a NetMonitor. Ele é considerado o pioneiro da publicidade na Internet na Bélgica. Você pode acompanhar Arnaud neste blog.

Recomendado para você